10 fevereiro 2010

REVELAÇÃO

REVELAÇÃO


Sinto falta desses teus olhos que desnudam meu corpo,
sem tocar,e que não escondem o brilho do desejo ao me olhar.

Sinto falta dessa tua boca que sabe se insinuar com malícia

e despertar na minha todas primícias.

Sinto falta dessas tuas mãos que sabem como

percorrer minha pele e tocando esconderijos,

desvendam tudo aquilo que me impele.

Sinto falta dos teus abraços

que sabem me envolver e me puxar pra bem junto de ti

e me fazer, como louca, desejar.

Sinto falta do teu corpo, que sabe despertar um sexto sentido,

neste meu corpo de fêmea, que era, antes, adormecido.

Sinto falta do teu suor em minha pele,

exalando o odor do seu ímpeto pela consumação do nosso amor.

Sinto falta do teu sexo que, maravilhosamente, no meu se completa,

revelando ao mundo minhas fantasias mais secretas.

Sinto falta do jeito que me seduzes, do modo como sabes dizer que me queres

porque és tu e só tu quem me fazes sentir... mulher.

Sem comentários: