22 agosto 2006

Felicidade

Felicidade tem sabor de quero mais.
É tão bom, dura tão pouco, parece até algodão doce.
É como o raio: no instante que se sente já se foi.
Deixa marcas bem profundas, talvez insatisfação…

Deixa saudades e tristeza, e o mais doído é a certeza que este momento gostoso já vai longe, já passou.
Felicidade é dose certa, viva e latente que neste mundo está presente. Muitos enxergam e poucos a alcançam.

Todos a querem, desejam, todos a buscam. Rondam o mundo para encontrar
E o mais triste de tudo: não a encontram em nenhum lugar!
Felicidade sabem o que é?
É sermos o que somos, aceitando o mundo, a todos, mas a nós mesmos em primeiro lugar.

Autor desconhecido

Sem comentários: