07 junho 2007

Está prestes o início da nova Guerra Fria

Como não podia deixar de ser, o presidente americano George Bush continua a romper radicalmente com as políticas conduzidas nas três últimas décadas, pelos seus antecessores. As consequências podem ser drásticas: a reativação da corrida armamentista entre as potências nucleares e a proliferação de mísseis e ogivas nucleares em países da Ásia oriental e meridional, Médio Oriente e norte da África. Se não ficar tudo claro na Cimeira do G8, o Bush vai foder tudo!!! Haverá uma nova Guerra Fria.

Sem comentários: