05 junho 2006

Razão da vida dupla

[...]

Complicado não cobrar e ser espontâneo. Certo, entendo o nervosismo e a ansiedade, mas não estamos num mundo machista em que se a mulher não corresponde na cama deve-se trocar por outra. É preciso que ensine para ela seu gosto, sua obsessão, sua vontade. Já se perguntou: por que ela não quer transar contigo? Será que não perdeu o apetite por você? E se tentasse descobrir as taras dela, que devem ser bem diferentes das suas? Não é caso de conversar, é caso de fantasiar juntos. Ainda aguarda ser atendido, quando não está também atendendo. Não é só o homem que tem essa vontade desmedida por sexo...

O que é mais complexo: arrumar uma amante ou uma esposa exemplar, mãe de seus filhos e excelente companhia? Então trate de investir no relacionamento, em vez de ficar gastando suas energias, suas verdades e sua delicadeza em contas eróticas fantasmas. A necessidade sexual é passageira, pode ser resolvida na punheta (masturbação). O amor é mais raro e resulta no mais forte erotismo.

Quando o homem tenta ser dois, não é nem uma parcela do que poderia ser inteiro em casa.

Por Fabrício Carpinejar - Super Interessante

Sem comentários: