24 abril 2006

Sexo Visual - Sexo Real

Sou um tipo bastante pornografico (o que não é novidade pra ninguém) e quando se diz que há demasiado sexo visual para o sexo real que realmente existe, o meu principal ponto de discordância é este: a vivência erótica não se esgota no sexo. Creio que por vezes se dá demasiada importância ao sexo. Mas nunca se dá demasiada importância ao erotismo. Mesmo porque o erotismo, ainda que alimentado pelo que vemos, tem sobretudo a ver com aquilo que imaginamos. E aí não há «dissuasão» social que nos valha.

Sem comentários: