22 abril 2006

Orgulho

Minha maior loucura é não depender da loucura para ser feliz. Eu me lembro que na infância era irriquieto, traquino e muito malandro. Eu não me lembro, assim me contam e fiz de conta que sei para não ser um estranho diante da própria vida. Sou um sonho de minha carne. Hoje gosto de ser irreverente! E amo ser o que sou! Perante a minha fé no Senhor Criador da vida (Deus), sei que estou de passagem nesta vida e o meu espírito está em evolução! Quando um dia deixar este corpo que tem o nick de "Clandestino" e, espero que seja logo, logo. Vou para a outra vida evoluír o meu espírito e, confesso que gostaria de voltar a ser malandro e ter um Blog com o nome de (¯`.íÍïÌì.˜”°º• Clube dos Malandros •º°”˜.íÍïÌì.´¯)!


Sem comentários: