20 abril 2006

Nós "gajos" somos uns F*#9%#"& da P*?»@

Pior, muito pior do que as Ex são algumas das suas a(ini)migas. Falo, claro, de duas categorias de carpideiras. As solteiras e as divorciadas. As primeiras por desamparo, as segundas por solidariedade. Em comum a irracionalidade de argumentos, a raiva incontida, o gozo no sofrimento alheio. Tudo pelo prazer da vertigem. E se há verdade neste grupo só por fantasia, pois cada uma tem a sua história e o tempo fá-las-á divergir. E ao mesmo tempo é inexorável no que oferece, envelhece as formas e piora as amarguras. E se há mulheres que não sabem amadurecer são estas; pinturas para tapar o que não pediram, comportamentos (in)vulgares, aparência de forte para mostrar as a(ini)migas que superou, quando no fundo está chorar de dor..., trejeitos perdidos na adolescência e histórias da noite que não querem recordar. No fim da vida fica o espelho; só elas sabem o que ele conta, só ele viu o que elas sofreram.

Só para que saibam: esta caricatura violenta não é uma verdade, mas tem alguns resquícios dela. Nós homens, pelo contrário, somos muito mais desapegados destas solidariedades serôdias.
- Se acabou... ACABOU!!! Não se chora, cá em casa...

Sem comentários: