28 abril 2006

Dotado de discernimento

“...enquanto os jovens se tornam geómetras, ou matemáticos, ou sábios em matérias do mesmo género, não parece possível que um jovem seja dotado de discernimento. A razão disso é que este tipo de sabedoria não se relaciona apenas com os universais, mas também com os factos particulares; estes se tornam mais conhecidos graças à experiência, e os jovens não são experientes, pois é o decurso do tempo que dá experiência...”


Aristóteles (384 a.C.- 322 a.C.)

Sem comentários: