28 abril 2006

Destino

A todas meninas que não consegui enganar, resta-me elogiar-vos a sagacidade e agradecer-vos a persistência. A Razão continua, é o vosso destino. Estou feliz porque de hoje em diante não engano, sou sincero!

O destino costuma estar ao virar da esquina. Como se fosse um gatuno, uma prostituta, ou um vendedor de lotaria: as suas três encarnações mais batidas. Mas o que o destino não faz é visitas ao domicílio. É preciso ir atrás dele.

Sem comentários: