06 julho 2008

Açidos Jornalisticos

secreções agudas de Mao cheiro cuspidas por algumas bocas jornalísticas mal formadas com sede de pobreza, embebidas em alguns dos pecados capitais (inveja, preguiça...), publicam,divulgam e ainda transformam puras mentiras especuladas em verdades do sempre, ignorando totalmente a base de uma noticia nos tempos de hoje, livres e sem opressão, investigar antes de noticiar, que mesmo o mais tímido dos seres faz, antes de se foder em contos de putas e vigaristas... inconscientes da origem, proveniência e motivos do acontecimento, mesmo que deturpado pelos marginais sem berço, incultos, vesgo, preguiçosos mentais que contam a historia, eles alguns deles ainda fazem do conto um acontecimento manchete do dia... a indefensável vitima que se encontra em pé de igualdade moral e financeira com esses fetos jornalistas televisivos e de papel anormal, nunca recuperam de tal cabalosa campanha destruidora, embora sabendo que os destruidores, foscos ricos nunca serão, mantendo-se sempre em sua mediocridade podre vida de brilho preto, em caudas de vidro como macacos que nunca olham para as suas... o que faremos? Se é que, algo podemos fazer, ou melhor deixarmos que Deus se encarregue desses perdigueiros do lixo; dizem que Deus escreve certo por/ou em linhas tortas, e que há males que vêem por bem; então televisões, jornais e alguns jornalistas com pernas: preocupem-se mais com as vossas vidas, dividas bancarias, aumento salarial, a pobre remuneração que auferem, a compra do vosso primeiro carro, a casa que querem comprar, o vosso casamento, o parto do vosso primeiro filho, a viajem de férias que sempre sonharam, dinheiro a prazo no banco, um bom pé de meia, uma mulher que não vos ponha cornos... não se movam em futilidades e mentiras, como gambozinos, é o que eu já falei... contos de putas e vigaristas... porque os conselhos que vos dei, "eu já cumpri" e os curto todos os dias... dedico a um intitulado jornalista televisivo, amigo do amigo meu que não é meu amigo. Abraços...

Sem comentários: