28 abril 2008

A arte de masturbar


- Um coito interrompido é melhor do que nada.

A alma masculina não precisa de incenso. As coisas são ditas sem perfume.

Permita-me revelar um segredo proibido: "O homem é derrubado pela mulher que sabe o masturbar. É fatalmente conquistado".

Parece que a masturbação é uma atitude de apoio, uma preliminar, uma passagem, um aquecimento ansioso pela penetração. O sexo oral é mais prestigiado. A masturbação quase é tratada como se não fosse sexo. Mas é a base do sexo.

São raras as mulheres que entendem a importância de violar o código antes destinado à imaginação, retirando seu ardor egoísta. Naquele gesto, o homem ainda se protegia. O homem ainda poderia estar a traí-la, fantasiando com outra.

Únicas e ardilosas as mulheres que exploram e encontram a proeza desse ritmo lentamente febril. Que se dedicam a desvelar a sequência secreta e pessoal, adquirida na infância e articulada entre o dom e o instinto. Há uma senha de quarto trancado, que é quebrada quando ela o conduz com naturalidade.

Existe no acto uma sinceridade dramática. Uma compulsão pela verdade. Uma confissão arrebatada.

Na masturbação, a vergonha está misturada à delícia e à compreensão do corpo.

Uma mulher que masturba o homem, melhor do que ele, alcançará a solidão da virilidade. Entrará em sua solidão. O homem não ficará mais sozinho. Não se entenderá mais sozinho.

Ela transfere a origem do prazer dele para suas mãos.


1 comentário:

o casalqseama disse...

é lindo ver marcelo se entregando assim pra mim... dessa forma é como se ele coubesse em minha pequenas mãos...

só não vou atacá-lo agora pq, tadinho, já dorme, está mt cansado...

rsrsrsrsrs

bjs da fê_casalqseama*