25 outubro 2007

Observação I - Quando enganamos as "gajas" com a cantiga do bandido.


É difícil fugir a uma gaja que gosta muito de nós, depois de nós a enganarmos com a cantiga do bandido.
Despedimos-nos dela com o discurso "Nunca resultaria!" ... É como retirar a corda do cais e veres o teu barco a afastar-se da costa; ela vai ficando mais pequenina e tu alegras-te, porque tiveste o que querias e ela nunca mais te vai chatear, mas não é bem assim, de repente ela salta para a água e como uma nadadora profissional começa a nadar em tua direcção: "Esperaaaaa!!! Isto pode resultar..."; tu assustas-te e rezas para que apareça o vento ou um tubarão. Rapidamente alcança-te "Eu amo-te...vai resultar!!"; pegas no remo e começas a dar com o remo na cabeça dela com todas as tuas forças, ela ganha força sobre-humana ou como se diz: "A força do amor!"!
Ela não desiste e tu não largas o remo, até que aparece o vento e tu desapareces e a última imagem que guardas é ela a olhar para ti com olhos de raiva e a última imagem que ela guarda: és tu com um remo na mão e uma cara de "Graças a Deus"!

1 comentário:

denise disse...

Podes crer...
e fica uma imagem horrível.

Prefiro a sinceridade a cima de tudo... se é para ter uma queca basica.. que seja directo ao assunto do tipo a atracão e ....borra nisso, se rolar!
Muito melhor q amanha teres a dama a remar em tua direcção hehehehe

Damos e damas bora la ser directos e honestos