15 agosto 2006

Quem não fode, está fodido!

Foder , foder em pé, foder deitado
Foder no céu, no mar, foder na esquina
Foder sobre a esmeralda do gramado
Ou sobre a tábua dura da sentina.

Foder de quatro pés , acocorado
Dentro dos templos ou pelas campinas,
Foder no torno, velhas ou meninas,
Gozar fodendo de colhões puxado.

Foder, foder com o olhar, foder com pica.
Foder com a língua rubra que se estica
Ao contato de púbis distendido.

Foder, foder que a vida é tão somente,
Um fodalhaço dado , diariamente,
E quem não fode, irmão, está fodido.

Farias de Carvalho

Sem comentários: