29 agosto 2006

Contra factos não há argumentos...

Sem comentários: