11 maio 2006

No meu país...

Há muita e muita gente para quem os aumentos do gás, da gasolina, etc, não se fazem sentir. Gente que ganha bem, que não é tão minoria quanto isso e que merecia mais respeito, representatividade.
Cada vez que se verifica um aumento qualquer, os repórteres que saem à rua apenas recolhem o testemunho de gente descontente. Essa gente deprimente, sempre a contar os tostões e as décimas dos aumentos, que não está bem na vida mas que fica bem nos telejornais. Os outros são sempre esquecidos, esses incómodos. Valha-mos que entre esses eternos descontentes com direito a tempo de antena, ainda há bom senso. Ninguém confessa que por causa do último aumento da gasolina, deixará de pedir um empréstimo para o telemóvel 3G (3ª geração) ou para ir a Jamaica fazer turismo de caridade e fumar um charro, no próximo Verão.
Fodass senhores jornalistas vamos lá pedir opinião dos gajos que vivem bem e deixarem-se de merdinhas intrevistando os que sofrem desde que nasceram. Caralhos...!

Mais não disse,

Clandestino

Sem comentários: