29 abril 2006

OLHAR FIXO É ESTAR LONGE

O que as mulheres pensam, não há como dizer o que as mulheres pensam. Posso dizer o que a minha mulher pensa e ainda assim correr o risco de pensar por ela. Pensar por ela não é desejar com ela.

As mulheres não são uma única mulher. As mulheres amadurecem conforme a intensidade da descoberta. Cada infância será uma velhice diferente; cada adolescência, uma revolta diferente. Cada paixão conduzirá a boca a abrir de um lado. Cada ventre exigirá uma dilatação distinta. Cada cheiro muda a palavra. A mulher não procura ter tempo para cuidar do tempo, procura o tempo para consumi-lo. O que fazer com o tempo que não foi gasto? O tempo perde o valor se não é utilizado.

O homem que fala para todas as mulheres não fala para nenhuma. A impessoalidade é superficial como o inferno. É um erro repetir a mãe na esposa, repetir a esposa na amante, repetir a filha na neta, repetir amores como se não existisse diferença. A vida é confronto, não se conforma com tréguas.

Uma mulher não suporta a idéia de ser igual a todas, ninguém suportaria. As mulheres não são unânimes, são discordantes entre si. Ao tocar numa estrela do mar, ela mexerá a água como um músculo. A água é carne na estrela do mar. A estrela do mar é parede para quem não a percebe como porta.

Uma mulher se assemelha a um livro líquido. Ela não é somente a espuma. Tanto que a espuma não será vista durante o mergulho. A espuma é de menos. Não se lê a água, a água escreverá sobre as mãos. No fundo, a corrente fria e a corrente quente se alternam, as estações se provocam e se completam. O sentimento não se finaliza, plumoso e dispersivo.

O corpo é um dialeto que pode ser extinto se não é exercitado. Quantos idiomas morreram pela crença de que as mulheres são uma única mulher?

Não desperdice a memória de sua mulher com a sua imaginação. Sua imaginação é também memória dela. Ainda não foi compreendido que o mundo não é separado por classes e gêneros. O mundo é misturado para que o detalhe se imponha. Nem tudo pode ser dividido entre banheiro feminino e masculino. Não existe conversa de mulher ou papo de homem. O fogo não pergunta o sexo para alumiar, a árvore não pergunta o sexo para dar sombra, o mar não pergunta o sexo para correr.

A mulher é unicamente estrangeira com o homem dentro dela.

Fabrício Carpinejar

Sem comentários: