22 abril 2006

CONVERSAS

As mulheres «que nos seduzem com a sua conversa». É uma categoria que elogiamos, para nos arrogarmos um atestado de maturidade. Infelizmente, é quase sempre mera teoria.

Eu sou imensamente seduzível pela conversa. E imensamente seduzível pelas mulheres, de todas as maneiras imaginárias. Mas nunca aconteceu que uma mulher «me seduzisse pela conversa». Sou um tenebroso tímido, dirão: É possível? Acreditem!

Mas, reconheço, há mulheres que, «pela sua conversa», criam uma espécie de jogo de sedução. Não quero concretizar essa sedução, mas nem sempre fico imune ao jogo, apesar da minha timidez. Há mulheres com quem simplesmente me apetece conversar.

Dou um exemplo. Acho que a FF (essa mesmo!) é uma mulher interessante para conversar. A sua beleza é demasiado saliente, tem traços característicos: é pequena e "fofa" (cara redonda e pequena, nariz pequeno, boca pequena e fala com intusiasmo natural), por ser "mulata", então... olhar maduro, alegre, um pouco triste, um pouco acima de tristeza, divertida!

Dou outro exemplo. Algumas mulheres do meu msn, exemplo de alguém que muito aprecio, pela sua conversa: à CC. Num mundo estatisticamente de muita paquera, se assim puder dizer (no msn), dá cartas com a sua conversa madura, ou arrapazada, ou desconstrutiva, ou citacional, ou mesmo ingénua. E resulta, pelo menos comigo. Por mim, aliás, podemos ir tomar café. Mas a verdade é que as mulheres «com conversa» costumam preferir homens bonitos. Faz sentido: se «têm conversa» é porque não são parvas.

Sem comentários: