15 março 2006

Sexo a cores e a preto e branco

Fazer sexo, a actividade mais antiga de que há memória, isso e comer maças, pode ser feito com luz acesa ou com a luz apagada, existem muitas diferenças, como da noite para o dia. Podemos chegar á conclusão que com luz existem mais riscos de uma relação acabar...

Sexo "a Cores": Vemos tudo, ela a despir-se, as mamas descaídas, a celulite, os sinais, os pelos nas pernas, os pelos pubicos mais cortados, as borbulhas em volta do "ser", os joelhos tortos... vemos tudo o que nos faz pensar duas vezes, como, os lábios vaginais feios, um clítores já bem gasto, o orificio vaginal bem aberto como se ela dormisse todas as noites com um tubo a dentro e tivesse tido 3 gémeos na semana passada, etc...

Sexo a "preto e branco": Aqui jogamos com a imaginação, ela é sempre boa, não interessa porque não sabemos de verdade como ela é, sentimos o suor o que nos dá tusa, podemos lamber em todo o sítio porque não nos preocupamos, não vemos pelos nas pernas, nem o quanto feia é a pachacha dela, é sem duvida um jogo de sedução onde o cérebro é muito utilizado.

Sem comentários: