11 dezembro 2008

Não existe mulher difícil

As dicas do livro acima comprovam, ou melhor, contatam o que já se sabia desde que o mundo é mundo, ou seja, desde o tempo de Adão e Eva... As gajas são todas umas faceis, contra facto não há argumento.

O escritor, no livro, explica que as gajas podem ser comprometidas, inocentes ou “cabras”, patricinha ou “descolada”, não importa, o verdadeiro Don Juan (um clandestino) não se intimida e tem a lábia certa para cada estilo e ocasião. Melhor ainda: é possível aprender a conquistar e é isso que o livro propõe - ensinar que nenhuma mulher é “areia demais para o caminhãozinho” de um homem. Então, para colecionar uma longa lista de nomes femininos na agenda de telefones, ler o livro e seguir as orientações à risca pode abrir um novo mundo para o homem que deseja ser um grande “predador”. [Leia]

1 comentário:

Anónimo disse...

olá o livro parece ser engraçado de se se ler... pena não ter acesso à obra toda :(
para quem quiser ler o capitulo 1
http://www.geracaobooks.com.br/loja/product_details.php?id=299
no final em "Capítulo 1"