02 setembro 2008

"presa na garganta"

Sempre vão existir aquelas gajas que vão ficar presas na garganta.
Aquelas que sempre desejamos ter mas nunca se deu a oportunidade. Devido ao mau timing de um ou de outro ou de ambos. Eu, por exemplo, tenho aqui, presa na garganta duas gajas que esteve perto de se concretizar... ai se teve, mas não deu... mau timing da minha parte, estava a sair de uma relação e não tinha cabeça para outra.

Essas mulheres, as que não tivemos vão ficar uma vida inteira na nossa cabeça. Podem passar décadas mas quando as voltamos a ver há sempre aquele sentimento carnal. Mesmo que estejamos numa loja de roupa com a namorada ou com a mulher se encontrarmos uma "presa na garganta" fazemos de tudo para a seguir pela loja. É um sentimento que não se explica. Gostamos de ver e de saber que ela não mudou nada. Se as mulheres soubessem o tipo de desejo que as "presas na garganta" provocam todas preferiam ser as quase que foram e sabê-lo, só para ter alguém que as deseje como os homens que não as tiveram, desejam!

Sem comentários: