29 agosto 2008

Amizade entre mulher e homem


Uma grande mentira que muitas mulheres contam aos homens é a de que não vão para a cama com os amigos.
Isto é ridículo. Só um totó acredita que as mulheres apenas praticam sexo com desconhecidos (as chamadas fodas à primeira vista) ou então com inimigos (ainda mais ridículo).
Para ti, homem que já foste vítima deste embuste, há que dizer-te a verdade: as mulheres fodem com os amigos... só que nenhum desses amigos és tu.

Só um totó é que tem amigas.

Ter amigos serve para a gente poder chamar paneleiro a outro gajo sem termos que nos chatear a seguir (chamar paneleiro a uma gaja é estranho).
Ter amigos serve para a gente lhes pedir dinheiro emprestado e nunca mais pagar (pedir dinheiro a uma gaja é estar a ser chulo)... Não dá!
Ter amigos serve de desculpa para a gente sair, em vez de ficar em casa a aturar a Maria mais os putos (sair para aturar outra, ora foda-se. Para isso aturo a minha).
Ter amigos serve para a gente ter companhia nos copos e nas petiscadas (coisa de machos. Além disso, quem ficaria em casa a tomar conta das crianças?)
Agora, ter uma amiga sem ser para saltar-lhe em cima. Caralho, não estou a ver o interesse. Deve ser por isso que eu e os meus amigos não temos amigas (nem queremos).
Imagina que coisa mais ridícula, uma gaja no meio da Green Dreams como se fosse um de nós. A conversar sobre futebol e sexo; rir-se à parva, mandar arrotos e peidar ao pé da malta. Olhar para o cu da boazona que passa. Tal coisa não seria natural.
No limite, uma gaja assim com certeza seria fufa. E à partida, até concordo que a amizade com uma fufa seria a única possibilidade de um homem ser amigo duma mulher sem pensar em comê-la.
Mas digo “seria”, porque uma das maiores taradices dos homens é justamente conseguir dar a volta a uma fufa (ou duas).
A gente somos assim...

Sem comentários: