11 julho 2007

Sexo Por Obrigação

Muita gente faz sexo por obrigação. Mas não apenas, como se possa pensar à primeira vista, os profissionais (as prostitutas e prostitutos). Muitíssimas mulheres, eu me arriscaria a dizer (porém não tenho dados) que a maioria das mulheres faz sexo por obrigação. Algumas, movidas pelo interesse de arrumar um gajo para pagar-lhes a conta da vida, para melhorar sua posição social, porque sabem, calculadamente, que o homem as deseja e que, se satisfizerem esse desejo, podem segura-lo por algum, ou muito, tempo. Geralmente essas interesseiras arrumam logo uma gravidez.

Mas não é dessas mulheres que eu quero falar hoje.

Quero falar das esposas, aquelas que se casaram por amor mas nunca conseguiram descobrir o verdadeiro prazer. E, acreditem, elas são muitas e muitas, mesmo!

As razões para isso também são muitas e remontam, como quase todos os problemas femininos, à histórica dominação do sexo feminino. O prazer sempre foi, até muito recentemente, proibido às mulheres consideradas “direitas”. Sexo só com amor ainda é um preconceito muito encontrado entre as mulheres. E não existe para os homens. Os homens fazem sexo pelo sexo, com ou sem amor. Já as mulheres foram condicionadas a acreditar que só o amor justifica o sexo. Além disso, muitos homens ainda acreditam (e nas gerações mais velhas isso é bem pior) que a esposa não é para o prazer, é para a procriação. Imagine fazer sexo oral com a esposa! – pensam alguns – Isso é para as prostitutas e as amantes. Pensando assim, esses homens não têm nenhuma preocupação com o prazer de suas mulheres, fazem um sexo mecânico e papa-mamã com elas, privando-as assim de descobrir o verdadeiro gozo.

Outras tiveram uma educação tão repressora que jamais conseguiram se soltar na cama, cheia de culpas e medos.

Para muitas, fazer amor é apenas uma desagradável obrigação do casamento e elas certamente acreditam que seja assim para todas as mulheres pois não estava nem aí para que os outros ouvissem as suas preconceituosas opiniões.

Vocês devem pensar que hoje é diferente. As meninas fazem sexo com os namorados, desde o começo da adolescência e os meninos não pensam mais assim, o machismo está acabar. Será mesmo? Será que as meninas dão pros namorados porque estão cheias de desejo ou por que apenas sabem que, se não derem, eles logo se cansarão delas e procurarão alguma outra que dê? [DAQUI]

Sem comentários: