16 julho 2007

Mundial da prostituição


- Puta sueca - 1.75, loira de olhos azuis, corpo escultural, múltiplas capas da playboy, tem a desvantagem de ser um mau investimento porque proporciona orgasmos a partir do momento em que se coloca de joelhos.

- Puta chinesa - durante o acto ofende-te em chinês o que pode ser um óptimo "eleva pilas" devido ao olhar enraivecido e ao tom de voz ameaçador que coloca: "os homens são todos uns cabrões", "filho da puta só faço isto para sustentar os meus 15 filhos" ou a mais famosa "como se atrevem a dizer que os produtos chineses só vingam por causa do preço acessível?", tem um preço acessível, mantem-se estranhamente imóvel durante o acto. Fica demonstrada a razão pela qual a china tem uma economia em expansão...

-
Puta americana - durante o acto ofende-te em inglês "yes, son of a bitch fuck me harder", tal como a chinesa também se prostitui apenas para sustentar o seu Ferrari, a sua mansão em Malibu e o seu estilo de vida ostensivo, tem um preço insuportável, mantem-se estranhamente imóvel durante o acto enquanto pensa com que motivos vai redecorar a casinha da piscina.

-
Puta da trinidad e tobago - prostitui-se apenas e só porque o seu país tem um nome ridículo.

-
Puta holandesa - alegre por natureza, vem equipada com um suporte para o charro junto à vagina, o cliente pode então alternar o cunilingus com uns bafinhos na ganza, desvantagem: engasga-se constantemente durante o sexo oral porque se desata a rir sem razão aparente.

-
Puta australiana - tem uma bolsa ao nível do umbigo onde guarda os objectos pessoais do cliente, famosa também pelas suas fugas com os respectivos pertences através de enormes saltos.

-
Puta alemã - difícil de satisfazer, admite estar habituada à poderosa salsicha alemã, tem como fetiche esfolar clientes judeus e atirá-los para câmaras de gás.

-
Puta do irão - por alguns milhões de dólares, urânio enriquecido e um manual escolar de físico-química, rebenta contigo.

- Puta portuguesa - vem equipada com uma pensão de duas estrelas quase sem pulgas, tem como trunfo a arte perdida de fazer broches e mascar pastilha ao mesmo tempo.

- Puta brasileira - actual campeã do mundo, 19 aninhos, olhar esperto, peitinho durinho e gostoso, bumbum delicioso e comilão, boquinha gulosa, faz sem camisinha, oral até ao fim sem gotejar, coninha apertadinha, corpinho violão, atende grupos nomeadamente selecções em vésperas de jogos importantes, aparece nos classificados de jornais importantes.

- Puta moçambicana - como a brasileira é também a campeã do escalão menor, ou seja, da terceira divisão - terceira serie. E, contrariamente a puta brasileira estas apresentam um olhar pobre e faminto, mas com a luta contra-pobreza que o país tem levado muito a sério em breve subirão a primeira divisão!

- Puta angolana - graças ao investimento do petróleo e diamantes, as minas anti-pessoais e os múltiplos ferimentos de bala abriram novos buracos ideais à prática sexual, garante experiências inovadoras e pode ser penetrada em média por 28 homens e cães ao mesmo tempo.

1 comentário:

AcidoCloridrix disse...

Será que poderemos linkar este teu post amigo??? Obrigado,,,, está espectaculo,,,, HCL