20 novembro 2006

O que se esconde por detrás de um sorriso


- Sorriso amarelo: é aquele que damos quando não temos vontade alguma de sorrir.

- Sorriso radioso: exibido na fase de encantamento inicial de uma relação entre duas pessoas que se amam.

- Sorriso transcendente: é assim interpretado por quem ama o autor de tal sorriso.

- Sorriso malandro: muita concupiscência no ar…

- Sorriso velado: é no fundo um meio sorriso, de alguém que quer e não quer sorrir. Revela alguma insegurança. Também conhecido por sorriso a meia haste.

- Sorriso rasgado: o oposto do anterior. Pertence a quem não teme demonstrar que gostou do que ouviu.

- Sorriso arreganhado: meio ameaçador e algo perturbante. Faz lembrar as hienas que não riem, apesar de o aparentarem.

- Sorriso dengoso: um mimo para quem o recebe. Promete cenários vários.

- Sorriso felino: muito sedutor, impõe-se na hora certa, exibindo agilidade e destreza da parte do seu autor.

- Sorriso glacial: significa que nos devemos afastar e depressa. Quem sorri assim, não está, obviamente, nos seus melhores dias.

- Sorriso hermético: aparentado com o sorriso velado mas mais misterioso. Só a pessoa que sorri sabe por que o faz.

- Sorriso beatífico: próprio de quem está ausente deste mundo, alheado.

- Sorriso Pepsodente: revelador de uma dentadura branca e perfeita. Próximo do sorriso rasgado mas mais exibicionista.

- Sorriso bonito: aquele que todas gostaríamos de ter, de preferência, igual ao da Julia Roberts.

Sem comentários: