20 outubro 2006

Hoje é Dia do Poeta


Quem surgiu primeiro o poeta ou a poesia? Alguns dirão, que idiotice, a poesia não poderia existir sem o poeta, logo... É, parece muito óbvio. Mas, num sentido bem amplo poesia não se limita às definições do dicionário que diz: aquilo que desperta o sentimento do belo; aquilo que há de elevado ou comovente em qualquer pessoa ou coisa...

A poesia feita pelo homem se transforma. A que ele vê, sente, chora, sonha, toca, inspira-o, essa é imutável, ela apenas é e se basta em si mesma. Enquanto houver o mundo haverá a poesia, mesmo que o homem se tenha auto-destruído. Ainda que o poeta jamais tivesse se apercebido do luar a poesia estaria sempre ali. O mesmo vale para o pôr-do-sol, para a gota de orvalho, para a folha que cai, para a flor que desabrocha, para “a paz de uma criança dormindo”( Vinicius de Moraes)

O valor do poeta está na sua sensibilidade para perceber e registrar para os demais seres mortais a poesia sempre presente a sua volta. Afinal, como diz aquele meu amigo: “A poesia está no ar, na Natureza, na mulher, no homem, na flor, na mão que se estende à caridade, na tragédia das guerras, na vida, enfim, na morte.” Até no Calendário a poesia está presente bem antes do poeta. 14 de março é o Dia da Poesia. Somente em outubro, no dia 20, comemora-se o Dia do Poeta.

Sem comentários: