09 março 2006

Antigamente...

Hoje recebi um mail que tratei logo de fazer o forward para os meus contactos e amigos de antigamente.
O mail era relacionado com antigamente.
Vi só verdades que me fizeram lembrar antigamente.
Por isso resolvi postar o seguinte que, também, é relacionado com o antigamente:

Para todas meninas da geração dos Malandros:

"Antigamente as pessoas eram mais demoradas mas nada atrasava. Diziam as palavras sílaba a sílaba, sorriam com vírgulas, mostravam nos dentes um ponto de interrogação ingénuo. Quer isto dizer que não faziam uma pergunta exigindo de imediato uma resposta. Esperavam esbeltas no tempo, os olhos isentos de qualquer desafio ...

Hoje, não. Hoje não nos sabemos demorar nos patamares, nos varandins eventualmente ainda existentes, nas margens desta ou daquela situação ...

Estamos em fuga, ultrapassamos todos os possíveis encontros - e cada vez, embora de muitas coisas acompanhados, nos sentimos mais sós uns dos outros. Sem nos apercebermos vamos tendo o deserto à nossa frente...

Antigamente, pois as pessoas eram menos súbitas... e porque eram a noite e o dia, e tinham dentro de si uma longa tarde, lentas se davam, lentas sorriam, e lentas (uma a uma) entardeciam."

Beijos do Clandestino com saudades daquele tempo que brincávamos sem pressa de terminar a brincadeira...

Sem comentários: