06 fevereiro 2006

Imaginacão...

As vezes sinto que a minha imaginação vinha do meu esperma acumulado. Agora foram-se os dois e eu fiquei sozinho. Mas ao menos tenho os tomates vazios e uma razão válida para não ficar fudido por nada...

Sem comentários: